SOBRE

O projeto Traduções LIVRES nasceu no dia 01 de Junho de 2020, com o intuito de usar o privilégio que é dominar outro idioma para ajudar a democratizar o acesso ao conteúdo produzido no exterior sobre a luta antirracista e antifascista e também sobre a pandemia do coronavírus. 

Em um país tão desigual como o Brasil, ter fluência em outros idiomas apenas prova que o pré-requisito mais visto em anúncios de vagas para pessoas com nível superior (o que por si só já é outro enorme privilégio) é algo extremamente distante da realidade do país e de seu povo. Segundo pesquisa do British Council, apenas 5% da população brasileira têm algum domínio do inglês, o que levou o nosso país a ocupar a posição 41 em um ranking de 70 países.

 

O Brasil foi construído no terreno de uma desigualdade social, racial e de oportunidades sem tamanho. E em 2020, é absurdo que a população negra ainda viva com o peso absurdo da violência policial, da necropolítica institucionalizada em todos os níveis de governo, e o racismo cotidiano de uma população que, vazia de qualquer humanidade, encontra valor na cor da pele branca e brada sobre meritocracia como se no fundo não soubesse que dorme no berço esplêndido da injustiça. 

Isso não deveria limitar o acesso a conteúdos que estão sendo produzidos sobre o movimento #blacklivesmatter, sobre o status da pandemia de coronavírus fora do Brasil, feminismo, sobre as diversas lutas contra o fascismo, o racismo, a homofobia e transfobia (e sobre a comunidade LGBTQIA+ em geral) pelo mundo,  e sobre como nosso país é visto no exterior. 

Conhecimento é uma arma extremamente importante na luta contra a opressão, e o nosso projeto quer ajudar todos que não tem fluência em outro idioma a expandir seus conhecimentos de mundo. 

Quando vemos o que acontece fora da nossa bolha, ganhamos um novo fôlego pra lutar, nos unimos a movimentos diferentes em nome, mas muito parecidos em seus motivos e causas. 

O Traduções LIVRES foi idealizado pela jornalista, tradutora e redatora @hannahhebron e conta com a colaboração das tradutoras @leticiapalhares9 @letirdrgs @carisee @mirandaperozini @luisabrasil @rafaelamorelli @summergoncalves @naraalines @eduardacorreia @ninasoaresm e @naluanalua.

Esse grupo tende a crescer, e por sermos um projeto sem fins lucrativos e operando totalmente em modo guerrilha, também será fluido, com pessoas indo e voltando, colaborando como podem. No entanto, fica aqui o agradecimento ao comprometimento e carinho dessa primeira e incrível leva de voluntárias, que ajudaram a colocar o projeto no ar e que tanto contribuem para novas ideias e formatos. Vocês são incríveis.

 

Sobre nossxs leitorxs, nos mandem feedback, dicas, artigos, qualquer coisa. Esse conteúdo é para vocês e por vocês. 

Reiteramos que esse projeto não tem nenhum objetivo comercial ou de usurpar conteúdo de jornalistas, criadores e veículos do exterior. Apenas acreditamos que se existe um momento para furar a bolha, o momento é esse.

Envie seu pedido de TRADUÇÃO:

© 2023 Orgulhosamente criado com Wix.com